Meu Jardim Interior — Página 32 de 34 — Um mundo de experiências!

GRATIDÃO

20 • 06 • 2016

IMG_2088

 

Perdemos muito tempo das nossas vidas sendo ingratos. Reclamando porque hoje está frio ou calor, porque a gasolina está cara, porque choveu, porque perdeu o ônibus, porque acordou atrasado, porque tem que levantar pra ir trabalhar. Reclamamos e, automaticamente, tornamos nossos dias tristes e angustiantes.

Gratidão é uma mudança que só nós mesmos podemos fazer nas nossas vidas. Se paramos de resmungar pelos cantos e agradecemos, por qualquer coisa, nossa vida muda. Na nossa mente, surgem novos motivos para agradecermos. Tente durante um instante: pense em algo pelo qual você é grato hoje. Pensou? Vale qualquer coisa: nem que seja pela cama quentinha que você tem para dormir à noite. Agora se pergunte: eu só tenho isso para agradecer? Se a resposta for não pegue seu celular ou um pedaço de papel e anote todas as coisas que vierem à sua mente. Todas aquelas pelas quais você é realmente grato e deixe em um lugar onde você possa ver sempre. Para que toda vez que olhar pra essa lista, você lembre de que sua vida é repleta de coisas boas.

Quando começamos a praticar a gratidão, tudo muda. Mas muda como? Nosso coração, sempre tão frio, se abre. E nele entra amor, alegria, paz. Quando eu antes de dormir penso em pelo menos uma coisa pela qual sou grata, vou dormir com um sorriso no rosto. Só de pensar que alguém cozinhou pra mim no dia, sinto conforto e carinho por alguém ter feito algo com cuidado para mim. Quando penso nas mensagens de bom dia que recebo, agradeço pelas pessoas que se importam o suficiente para me desejarem um bom dia. Quando vejo trabalhos bons (sejam livros, séries, blogs etc) fico grata pela pessoa tirar um tempo dela e se dedicar a algo que é tão útil para mim.

E se praticamos a gratidão todos os dias, nossa qualidade de vida aumenta. Nos sentimos mais amados, mais cuidados. Por isso, acabamos distribuindo mais amor por onde passamos. É como uma corrente do bem: um influencia o outro.

E você, pelo que é grato? Sinta-se à vontade pra dividir algo pelo que é grato por aqui ou nas redes sociais. Dividir coisas boas nunca é demais, né?!

Com amor (e gratidão), Li.

Postado por Lilian
Nas tags: /

SANTO PÃO

17 • 06 • 2016

IMG_0754

Um dos lugares que conheci com o Guia dois por um este ano foi o Santo Pão. Com uma decoração que une modernidade à antiguidade, nos conquista logo de cara pela decoração. Em diversas partes do local eles inserem essa ideia do quadro negro escrito com giz de lousa. O que é uma gracinha, né?!

IMG_0766

Meu pedido foi um Picadinho de Filé ao molho de cogumelos acompanhado com gratinado de batata e brócolis e, para beber, um suco de melancia. Os dois estavam uma delícia 🙂

IMG_0761

IMG_0749

No dia eu não quis provar as sobremesas, pois estava muito calor e eu quis ir tomar um sorvete. Mas eu quase morri do coração com as sobremesas deles e sim, voltarei lá apenas para comê-las. Por que? Dão água na boca…

IMG_0764IMG_0765 Local: Rua Padre João Manuel, 968. Jardim Paulista. São Paulo – SP / Próximo a Rua Oscar Freire.

Valores: prato principal 38,00 / suco 8,00

Gostaram da indicação? Um abraço e até o próximo post c:

 Com amor, Li.

 

Postado por Lilian

CURITIBA: UM LUGAR QUE VOCÊ PRECISA CONHECER

15 • 06 • 2016

IMG_1396

No comecinho desse mês eu e o Dan fizemos uma viagem de última hora pra Curitiba. E só de separar as fotos pra esse post eu já estou aqui morrendo de saudades. Onde aperta o botão pra viajar de novo?

Essa foto foi a primeira que tiramos. Basicamente chegamos no hotel, deixamos as malas e saímos pra explorar o lugar. Como nosso hotel ficava pertinho da Rua das Flores, ela foi o primeiro lugar que visitamos. Lá encontramos esse bondinho, que na verdade é uma biblioteca. A louca por livros que há em mim achou a ideia genial <3

IMG_1397

Essa sou euzinha sendo sem noção dentro do bondinho, rs.

IMG_1404

Aliás, estava um solzinho gostoso (apesar de estar bem frio) nesse dia. A Rua das Flores é uma espécie de calçadão onde só pedestres podem circular. Nela existem restaurantes e muuuitas lojas. O legal é que lá a maioria dos prédios antigos são preservados, o que deixa a arquitetura do lugar muito amor.

IMG_1417

Esse daqui é o Dan: meu namorado e fotógrafo nas horas vagas, rs

IMG_1435

Eu TINHA que postar uma foto dos pontos de ônibus de lá! Sim, esse “tubo” é o ponto de ônibus. E ao invés de você pagar a passagem pro cobrador do ônibus, você paga pra um funcionário que fica dentro do ponto. Pagando a passagem é só passar na catraca e esperar seu ônibus passar. Achei genial pois te protege da chuva e do calor insano, além de deixar tudo mais organizado.

IMG_1423

Na busca de um restaurante pra conhecermos, procuramos o Nonna Giovanna, que eu vi na internet em algum blog que o descrevia como bom e barato. Como ele estava pertinho, fomos lá. E realmente: a comida é gostosa e barata 🙂

IMG_1439

No final da tarde decidimos não perder tempo e ir conhecer algum ponto turístico que não fosse tão longe. Decidimos ir na Ópera de Arame: um lugar onde você pode apreciar uma arquitetura diferente. Confesso que lá não tem muita coisa pra fazer, então fomos e nos divertimos tirando fotos mesmo. Quando eu falo que me diverti, quero dizer algo como isso aqui: IMG_1484

Eu sendo… eu

IMG_1538

Pra você chegar na ópera tem que atravessar essa ponte. Dá até agonia olhar pra baixo!

IMG_1571

A vista que você tem de lá é essa. Dentro só tem um espaço para shows. Então o legal é olhar em volta mesmo. Uma dica é: vão a noite. Porque escurece e eles iluminam o local, deixando ele assim:

IMG_1580

Dá uma perspectiva totalmente diferente do lugar, né? Me apaixonei! <3

Saindo de lá pedimos pro Uber nos deixar na Rua 24 Horas. AH! Usamos muuuuuito Uber por lá e as corridas ficaram bem baratinhas. Pra terem uma ideia, do aeroporto até Curitiba pagamos uma média de 35 reais. Voltando: essa Rua 24 Horas é uma espécie de galeria, com pequenas lojas. Algumas vendem chocolates, outras são pequenos restaurantes como Subway ou cafés. Passamos por lá, tiramos algumas fotos e comemos churros e crepe pra ficarmos mais quentinhos.

IMG_1590

Eu amei tanto Curitiba que não vejo a hora de voltar. Na verdade viajar é uma das melhores coisas que existem e poder relembrar desses momentos depois trás aquela nostalgia boa que nos enche de alegria (e as vezes lágrimas de saudade).

Espero que tenham gostado de conhecer um pouquinho da cidade comigo. Logo logo tem mais post pra vocês <3

Com amor, Li.

Postado por Lilian

Meu Jardim Interior • todos os direitos reservados © 2018 • powered by WordPress • Desenvolvido por